A saborosa mistura do grunge, punk rock e funk o’ metal do Guerrilha no palco do CarnaRock 2019

Em forte contraponto ao cenário rock pós anos 2000, a banda Guerrilha, quarteto formado por Kbça (vocal), Jimmi (guitar), Punk (baixo) e Nicolas (batera), busca unir a poética das letras dos anos 80 com sonoridade rítmica e melódica dos 90. Para tanto, a banda absorve inúmeras vertentes musicais que percorrem com desenvoltura as ressonâncias do grunge, punk rock, H.C., funk o’ metal, nu metal e rap, sempre em diálogo com os ricos elementos da música brasileira. Marcante, o discurso de diretriz política e social apimenta as composições e empunha bandeiras em favor das minorias e contra as injustiças. “Sangue, Lágrima e Suor” – seu primeiro álbum – reúne as melhores canções criadas e aperfeiçoadas durante os mais de 10 anos de engajamento artístico da banda.

Nesse período, a Guerrilha marcou presença em diversos festivais e casas de show do circuito underground da “paulicéia desvairada”, da grande São Paulo e interior, tendo ainda a oportunidade de se apresentar ao lado de bandas de renome como Humana (Chile), Dance Of Days, Hardneja Sertacore, Skarrapatos-ko, Cuieo Limão e Inocentes.