O rock pesado da banda Inverga Mas Num Kebra

Foto: Divulgação

Formada em 1996, a banda Inverga Mas Num Kebra tem o propósito de divertir as pessoas com sua fusão musical, que vai desde o baião, brega, sertanejo, samba e demais tendências, tendo como base o rock funk, tudo isso carregado com técnicas instrumentais e vocais bem elaborados.

Inverga Mas Num Kebra é uma banda irreverente, que brinca com o cotidiano do povo brasileiro. As letras falam de situações que se tornavam engraçadas com cada indivíduo, seja em sua casa, no trabalho, em relacionamentos, etc.

Pouco tempo depois que surgiu, a banda chamou a atenção de Edgard Scandurra (IRA!), o que fez com que ele produzisse quatro faixas do repertório da banda. Toda essa visibilidade, contudo, não impediu que a banda encerrasse, repentinamente, suas atividades.

Quinze anos mais tarde, eis que Inverga Mas Num Kebra ressurge com mais maturidade, experiência e com novos integrantes, trazendo como proposta uma  fusão de New Metal, Hip-Hop, Rapcore, Punk e Reggae, com letras visceralmente mais pesadas, rasgadas e objetivas, trazendo as influências de bandas como CBJR, Raimundos, RATM e Limpbizkit.

Em 2015, a banda lançou um EP com 8 músicas autorais e com o título de “Questão de Opinião”, que é uma das músicas de trabalho.

Atualmente, o Inverga Mas Num Kebra é composta por Tony – Vocal (365), Leandro Silva – Guitarra/Vocal (Tiroteio / Arkaya), Alexandre Duarte – Baixo (Kamenin) e Rony Souza – Bateria (Anjos Negros), músicos com mais de 20 anos de estrada e com sede de subir aos palcos para mostrar o seu trabalho e acrescentar a sua qualidade ao rock nacional autoral.