Opinião: Você é movido a música? Ou não liga tanto?

As aventuras de uma jornalista andarilha pelas trilhas da arte e da cultura na região metropolitana de Sampa

Por Caroline Rossetto

Durante visita à exposição O Pasquim 50 anos, realizada no Sesc Ipiranga, a jornalista Caroline Rossetto ficou impactada pelo acervo de 50 discos de música brasileira disponível no espaço musical e o resultado é esse artigo bem bacana, no qual ela nos convida a refletir: Você é movido a música?

Conheço pessoas que detestam ouvir música, não importa qual é o estilo. Simplesmente não gostam.Eu acho um tanto quanto estranho.

Mas e qual é o seu estilo? Até os meus 12 anos, eu ouvia pagode mauriçola ( Só pra Contrariar, Raça Negra, Exaltasamba, Art Popular…). Mas eu cresci ouvindo Beatles, Jovem Guarda e Love Songs dos anos 1960.🎵

Ou seja, Roberto Carlos e Erasmo fizeram parte da minha vida.

Até que Spice Girls surgiu, Hanson surgiu e NUNCA mais ouvi uma música de pagode por vontade própria. De Spice e Hanson, passou para Bon Jovi e Aerosmith…

Comecei a curtir rock e nunca mais mudei.🎶

Misturo uma Britney Spears aqui, um Backstreet Boys ali… mas o rock está lá.🎤

Elvis, Rolling Stones, Scorpions, Whitesnake, KISS… todos esses correm em minhas veias.

Daí, aos 17 anos: uma descoberta que veio mudar minha vida para sempre: HEAVY METAL.🎹

Me despi de todos os preconceitos quando ouvi pela primeira a voz do mestre que morreu ano passado, no dia 08 de Junho: André Matos com a música “Fairy Tale” que foi trilha sonora da novela “O Beijo do Vampiro” em 2001.🎬

Foi por causa dessa música que resolvi pesquisar outras músicas, outras bandas e cantores e foi um caminho sem volta. Essas músicas me deram a inspiração para escrever meu livro que foi publicado em 2009.

Rock, heavy metal, pop, música clássica, folk metal, música folk… esses são meus estilos. Qual é o seu?🎸

Curiosa por natureza, Caroline Rossetto é escritora e jornalista, formada em Comunicação (Rádio e TV) na Fiam-Faam e pós-graduada em jornalismo cultural pela FMU. Em 2017, Caroline criou o Blog Andarilhos, canal em que divulga lugares diferentes, situações exóticas, tudo aquilo que foge ao lugar comum e nos levar a uma viagem cheia de descobertas e imaginação. Você também encontra Caroline Rosseto no Instagram.