Noite Maldita chega a sua 3ª edição, dessa vez na Bally Bagus Out

No dia 15 de setembro, sábado, a partir das 21h, Guarulhos não será mais a mesma depois do Noite Maldita 3, show com as bandas Reboco, Doma e Kalango Kid, que dividem o palco com os gaúchos da Two Step Flow em sua primeira visita à cidade. Nesta edição, o Noite Maldita 3 acontece em novo local, dessa vez na Bally Bagus Out, no centro. Os ingressos podem ser adquiridos na portaria e custam R$15. De modo bastante divertido, mulheres usando “chifrinhos” têm entrada gratuita.

O show marca também a parceria entre a Associação Cultural Rock Guarulhos e a Bally Bagus Out, que por meio da Capiroto Entertainment unem forças para promover shows de bandas guarulhenses, mostrando a força da cena rock da cidade. As duas últimas edições, em 2016 e 2017, aconteceram no Deco Rock Bar, outro grande parceiro da cena na busca por espaço onde as bandas possam mostrar seus trabalhos.

Ao longo de toda a noite, o público vai encontrar ainda a venda de merchandising, sorteio de tattoo, CDs e DVDs, discotecagem com o melhor do rock, pós-punk, metal, industrial, eletrônico dos anos 80, grunge dos anos 90 e várias surpresas, que prometem uma noite irreverente, regada a muito peso, distorção e pancadas ensurdecedores.

Saiba mais sobre as bandas do lineup desta edição:

Reboco

Foto: Ronald Amadeu (Tuco)

O Reboco surgiu em 2009, da união de músicos de duas bandas bem calejadas do underground paulista, e carregam na bagagem a experiência de participar de inúmeros eventos do cenário independente nacional e internacional. A banda é formada por Jamil Pilli (bateria) e Ayka (baixo/voz), ex-integrantes da banda Chipset Zero, e ainda Emerson Baptista (guitarra) e Alê Gomes (vocal).

A banda compõe um som agressivo, verdadeiro e pesado, com influências diversas que vão do Metal passando pelo Punk, Stoner, Sludge, Doom, Crossover Hardcore e outras vertentes de peso. As letras são embasadas em conceitos próprios e tratam da luta contra a corrupção, conceitos mortos da sociedade em geral, a maldita TV, cultura brasileira e até humor, como o clipe de animação da música “Bullying na Obra”, que trata de forma engraçada as brincadeiras de mau gosto que acontecem na construção civil.

Two Step Flow

Foto: Laura Haddad

Two Step Flow é um duo gaúcho de “Jungle Rock” com toques de psicodelia e modernidade, utilizando sons virtuais junto ao vocal, baixo e bateria. Músicos caxienses que já passaram por diversas bandas e projetos, o baterista Diego De Toni e o baixista Wood Lusa estão unidos num propósito cheio de energia barulhenta. Eles formaram o duo Two Step Flow há pouco mais de um ano e, desde então, estão compondo, registrando tudo em estúdio e lançando singles. A novidade mais recente é a pedrada The Trap, lançada pelo selo Super Discos. Assim como os outros três singles divulgados até agora, a faixa foi mixada por EJ Oropza em Seattle (berço do grunge e das sujeiras sonoras).

O duo lançou quatro videoclipes e o mais recente é “California Sun”. As letras são em inglês e as influências vão do peso do Sepultura, ao potencial pop de Red Hot Chili Peppers, passando pelo stoner moderninho de Queens of the Stone Age.

Doma

Foto: Bia Maida

As I laying Dying, Elitists, Wovenwar, Wage War e August Burns Red são algumas das bandas que influenciam sobremaneira a sonoridade da Doma, banda de rock formada em Guarulhos por Filipe Ceccon (vocais), Felipe Amaral (baixo), Bruno Mantovani (guitarra) e Laedson Vitório (bateria). O nome Doma vem do conceito de redoma, o estúdio da banda, onde os músicos passam boa parte do tempo, criando músicas em diversos estilos e tentando montar o time ideal para esse projeto acontecer.

Atualmente, a banda está finalizando o EP Ciclo Zero, com quatro músicas, trabalhando com a Loud Factory para realização deste trabalho. A banda Doma também lançou recentemente um lyric da música “Mar de Mentiras”, que foi bem aceita pela galera e obteve bastante retorno positivo. Agora, os músicos se dedicam ao preparo de mais um lyric, dessa vez da música “Paletó de Madeira”, com lançamento previsto para o mês de agosto, além de um videoclipe para o final do ano e lançamento do EP nas principais plataformas digitais.

Kalango Kid

Banda formada em 2012, em Guarulhos, por Danilo Perez (ex-Evening Spell), Cesar Franciolli (ex-Evening Spell), Gabriel Delbone (ex-Evening Spell) e Igor Leite, amigos que dividem o divino momento de estar com uma garrafa de cerveja gelada na mão, num bar lotado ao som de muito rock’n’roll. A Kalango Kid nasce inicialmente fazendo covers de Raimundos e Matanza, e hoje dedicam seu repertório exclusivamente a covers de Matanza.

Após diversas apresentações energéticas nas noites boêmias de Guarulhos e São Paulo, alternando entre bares, cervejas, carteados e bebedeiras, em 2014, a banda entra em um breve hiato. Desde seu retorno em 2017 de forma etilicamente honrosa, a banda está se apresentando em vários locais e conta atualmente com a seguinte formação: Cesar Franciolli nos vocais, Danilo Perez no baixo e backing vocal, Cayo Cesar na bateria e Adilton Felipe, na guitarra.

Serviço:

Noite Maldita 3, com as bandas Reboco, Two Step Flow, Doma e Kalango Kid

Data: sábado, dia 15 de setembro

Horário: 21 horas

Local: Bally Bagus Out

Rua. São Vicente de Paula, 347 – centro – Guarulhos/SP

Entrada: R$15 (mulheres usando “chifrinhos” têm entrada gratuita)

Informações: https://www.facebook.com/events/513168625785777/?ti=as