Fotógrafas guarulhenses têm coleção reunida em publicação virtual

Foto: Camila Rhodes

Mais notícias gratas sobre o engajamento de mulheres em projetos incríveis trazem as boas novas do empoderamento e da força feminina neste mês em que é celebrado o Dia Internacional da Mulher. Nesta segunda-feira, 12 de março, acontece o lançamento virtual do 1º Anuário de Fotógrafas de Guarulhos pelas redes sociais, um trabalho que reúne fotografias de 17 profissionais mulheres que têm relação com a cidade de Guarulhos. Os interessados em conhecer esse trabalho já podem apreciá-lo ou fazer o download gratuitamente por meio do endereço https://issuu.com/fotografasgru/docs/anuario_fotografasgru

Ao todo, são 40 páginas diagramadas por Camila Dias, com duas fotos de cada profissional e uma breve biografia de cada uma delas. A jornalista Thalita Monte Santo é quem  assina a redação dos textos.

De acordo com a fotógrafa Marina Pinto, idealizadora do Projeto e uma das profissionais cujo trabalho está contemplado no Anuário, a coleta desse material contou com um chamamento de profissionais da área pelo Facebook. “Não houve critério, priorizamos aquelas que moravam ou trabalhavam na cidade, demos um prazo para envio do material e quem mandou, está no livro”, explica Marina.

Marina conta também que a concepção do Anuário ocorreu sem grandes planejamentos e enfatiza o uso das redes sociais para viabilizar o Projeto: “Circulando em grupos na internet fui percebendo o movimento de mulheres na fotografia e no audiovisual com o mesmo discurso e problemas de falta de espaço e visibilidade. Então, eu pensei: quantas seriam em Guarulhos? Decidi fazer uma postagem com essa pergunta e daí vieram 83 nomes logo de cara, organizamos um grupo no Messenger com todas elas e chegamos nas que estão hoje no livro”.

O chamamento resultou na reunião de fotografias de profissionais de idades, formação e trabalhos diferentes, como Camila Rhodes, 28 anos, professora de Artes que atua com crianças do Ensino Fundamental nas escolas do município.

“Fiquei lisonjeada, achei muito interessante a iniciativa dessas mulheres de dar visibilidade e força para as fotógrafas da cidade. Há muitas fotógrafas em Guarulhos, muita gente boa que ninguém vê, muitos trabalhos bons que são invisíveis, somente aqueles que são comerciais são vistos, reconhecidos e valorizados. Ficou um trabalho muito bonito, acho importante essa valorização, principalmente da mulher guarulhense, considerando ainda a carência cultural da cidade, o que acaba desmotivando os artistas, e é importante salientar a força dessas mulheres, em sua maioria guerreiras que têm um trabalho muito sério, me sinto motivada por participar desse material a seguir adiante com a fotografia, expandir novos horizontes”.

Saindo do anonimato

Foto: Marina Pinto

Marina conta também que a inspiração para a organização desse material partiu da necessidade de sair do lugar comum e dar visibilidade a um trabalho feito com primazia: “O que nos inspirou foi perceber o quanto ainda ficamos no anonimato, tudo na fotografia ainda gira em torno dos homens”, observa a fotógrafa. Para Marina, os desafios para a verdadeira incursão de profissionais mulheres no campo da fotografia ainda são imensos, e vão desde a tomada da cena pelas mulheres à mudança de mentalidade de editores, jornais, revistas, entre outros veículos.

Num contexto de predominância de trabalhos exclusivamente masculinos, a organizadora vê o lançamento do Anuário como um marco de extrema importância para (des) estigmatizar a presença da mulher na execução de determinados trabalhos.

Com o aumento de seguidores nas páginas do Projeto nas redes sociais, Marina espera muito mais que visibilidade ao trabalho de todas: “Queremos nos conhecer e nos tornarmos conhecidas. A ideia é manter a página com assuntos do interesse de todas, publicar os trabalhos de cada, criar uma plataforma de interação e visibilidade, é isso o que pretendemos intensificar”.

Além de exposição coletiva prevista para o mês de agosto, quando é celebrado o Dia Mundial da Fotografia, Marina vê a possibilidade de encontrar parcerias para o lançamento do Anuário em formato físico, uma proposta que, por enquanto, vai ficar para o ano que vem.

Para conhecer o trabalho das fotógrafas guarulhenses pelas redes sociais, acesse: Facebook: https://www.facebook.com/fotografasguarulhenses/ e Instagram: @fotografasgru