Trend Kill Ghosts escolhe “Deceivers” para apresentação no Rock em Concerto

Música da banda de heavy metal crítica utilização da religião para manipular as pessoas; CarnaRock no início do ano também teve show do grupo

Por Airton Daniel

Apesar de muitos acharem que reunir músicos de uma banda de heavy metal e outros de uma orquestra sinfônica em um mesmo palco seja algo incompatível, é exatamente isso que vai acontecer na noite do próximo dia 8 de dezembro, no Teatro Adamastor, em uma nova edição do projeto Rock em Concerto.

Nesse concerto virtual, a Trend Kill Ghosts e a Orquestra Jovem Municipal de Guarulhos apresentarão um arranjo especial da canção “Deceivers”, composta pelo grupo formado em 2018 pelo vocalista Diogo Nunes, pelo guitarrista Rogério Oliveira, pelo baixista Maurílio Vizin e pelo baterista Leandro Tristane. Rock em Concerto faz parte das comemorações dos 460 anos de Guarulhos e terá transmissão online a partir das 20h pelas redes sociais das Orquestras de Guarulhos no YouTube, Facebook e Instagram.

“Gostaria de agradecer a Associação Cultural Rock Guarulhos (promotora do evento) pelo convite e quero dizer o quanto estamos ansiosos para a apresentação, pois já conferimos o arranjo feito para a música, o que aumentou ainda mais a nossa expectativa”, declarou Rogério Oliveira.

Essa é a segunda vez que a Trend Kill Ghosts é convidada para um show produzido pela AC Rock Guarulhos. O outro foi em março deste ano, no CarnaRock 2020, quando a banda fez uma apresentação memorável.

Foto: Cesar Franciolli

“Essas iniciativas são fundamentais para disseminar a cultura e a música dos artistas independentes. Nossa cidade conta com muitas bandas de qualidade, mas que não encontram espaço para mostrar sua arte”, comentou o guitarrista.

A música escolhida para a apresentação no Adamastor, “Deceivers”, possui, a seu ver, uma introdução instrumental que mescla uma batida ao mesmo tempo mais obscura e mais cadenciada, o que permite que a Orquestra Jovem possa trabalhar em cima de um arranjo já existente.

“Justamente pelo fato de já haver um clima feito por instrumentos de orquestra, clima que persiste durante a música, mesmo estando os instrumentos em segundo plano, a escolhemos para o show. E conferindo o arranjo final, temos a certeza do acerto nessa escolha”, afirmou Oliveira.

Religião

Sobre a temática religiosa contida na letra da música, o guitarrista explica que é uma forma de crítica, um protesto contra as pessoas que usam a religião, que usam a palavra da bíblia de acordo com seus interesses, manipulando e enganando as pessoas.

Enganação que Oliveira rechaça ao classificar o estilo heavy metal, gênero que garante não envelhecer e que possui potencial de renovação junto a seu público. Ele considera o metal não somente um estilo musical, mas acima de tudo um estilo de vida.

“Por isso, muitas vezes é uma tradição que é passada de pai para filho. É muito comum ver isso nos shows, é algo que dificilmente vai morrer ou perder sua importância”, definiu.

O guitarrista revelou que, quando a banda foi formada, a proposta foi fazer um trabalho no qual seus integrantes realmente gostassem, sendo sinceros com eles mesmo e, por consequência, com os fãs.

“Isso é algo que realmente nos conecta com as pessoas, a sinceridade e honestidade no som. Acreditamos realmente que isso faz diferença e conseguimos conferir isso nos nossos shows”, ponderou Oliveira.

Em dezembro do ano passado, também no aniversário da cidade, o Trend Kill Ghosts participou da abertura do Dark Dimension Metal Festa, cujas atrações principais eram as bandas Wasp e Accept. Na sua opinião, aquilo foi algo realmente de grande importância para a banda e que pode ser aferida pela receptividade alcançada desde então.

“Abrir shows de bandas daquela envergadura, é algo para poucos. A adrenalina às alturas ao se apresentar para um público daquele tamanho, onde as pessoas estão ansiosas para ver as bandas principais. É realmente emocionante. Deu tudo certo e tivemos a grande certeza que estamos no caminho certo”, garantiu.

Sobre o Rock em Concerto

Rock em Concerto é um dos 131 projetos aprovados pelo fundo municipal de Guarulhos, o FunCultura, contemplado com recursos federais da Lei Aldir Blanc (14.017/2020), que prevê auxílio emergencial para o setor cultural durante o estado de calamidade pública causada pela pandemia da Covid-19. Dessa forma, os recursos recebidos para execução do Projeto vão movimentar a cadeia do setor cultural e beneficiar artistas, produtores e técnicos, entre outros. O projeto foi apresentado pelo proponente, músico e produtor cultural Ulisses Ribeiro Rocha.

Serviço

Rock em Concerto: a música sem fronteiras, espetáculo em comemoração aos 460 anos de Guarulhos

Data: terça-feira, 8 de dezembro

Horário: 20h

Espetáculo virtual transmitido ao vivo pelas redes sociais das Orquestras de Guarulhos

YouTube: www.youtube.com/channel/UCS9r_T3pJEr2wnZreRGSo1g

Facebook: https://www.facebook.com/gruojmg/

Instagram: https://www.instagram.com/orquestrasdeguarulhos/